O Uso da Inteligência Artificial no mundo corporativo

A Inteligência Artificial, consiste no estudo e desenvolvimento de dispositivos que simulem a capacidade humana de perceber, raciocinar, solucionar problemas e tomar decisões.

Por Laeni Boschetti

em 04 de março de 2020

<< Voltar

A Inteligência Artificial, consiste no estudo e desenvolvimento de dispositivos que simulem a capacidade humana de perceber, raciocinar, solucionar problemas e tomar decisões. Assim, o software realiza tarefas e serviços mais operacionais. Isso permite aos seres humanos terem uma atuação mais estratégica.

Essa tecnologia está trazendo mudanças para o mercado de trabalho, e tende a aumentar a produtividade de muitos cargos, além de reduzir a chance de erros nos processos que possuem maior índice de falhas humanas.

Processos que envolvam atendimento inicial ao consumidor, assessoria acerca de investimentos, segurança da informação e previsões de mercado, são alguns exemplos de como as inovações em Inteligência Artificial (AI), vêm facilitando a vida das empresas, e do consumidor, principalmente.

Confira alguns exemplos de uso da IA, que podemos identificar atualmente no mundo corporativo:

Atendimento ao cliente

O setor de atendimento ao consumidor, é um dos mais beneficiados pela Inteligência Artificial, pois a eficiência do chatbot (o robô atendente) assegura que todo e qualquer usuário seja devidamente atendido, solucionando a dúvida do cliente de maneira imediata, ou então redirecionando-o ao setor competente.

Como o chatbot funciona na prática? Quando o usuário acessa o site da empresa, e deseja tirar dúvidas ou falar com um representante, um robô irá respondê-lo por meio do chat, suprindo a necessidade de um operador para o atendimento em primeiro nível.

Ao mesmo tempo em que essa funcionalidade agiliza o processo, visto que ele ocorre de imediato, ela valoriza o tempo dos empregados que anteriormente prestavam o atendimento inicial, permitindo que eles se dediquem a outros processos internos.

Serviços financeiros

A chegada das FinTechs(Startups que trabalham para inovar e otimizar serviços do sistema financeiro, antes dominado pelas tradicionais instituições bancárias, expandiu as possibilidades do consumidor com inovações incríveis, as quais costumam envolver o uso de Inteligência Artificial.

Algumas das principais aplicações de robôs nos serviços das FinTechs estão em: análise e aprovação de crédito, monitoramento de comportamento em relação ao consumo do dinheiro, assistência para aplicações em mercados de investimento, entre outras funções desempenhadas a partir do processamento de dados.

Marketing

É o campo em que a tecnologia vem impactando mais significativamente na experiência do usuário com a Internet. Não por acaso, 20% das organizações do ramo investiram consideravelmente em Inteligência Artificial.

Isso acontece porque a Inteligência Artificial pode ser aplicada de várias formas, como em campanhas de links patrocinados, retargeting, captação de leads, além dos próprios chatbots e reconhecedores de voz e imagem.

Um dos exemplos de Inteligência Artificial mais comuns na atualidade é o motor de recomendação, utilizado principalmente, por empresas como Netflix (indicação de filmes, séries e documentários adequados às preferências do cliente), Amazon (mesmo propósito da anterior, com adição da recomendação de livros) e Spotify (que leva em consideração o gosto musical).

A aplicação da Inteligência Artificial por parte das empresas está em constante crescimento, e está trazendo diversos benefícios para empresas de quaisquer segmentos. Ela é fundamental para a vantagem competitiva e garante melhores resultados para a companhia, principalmente no que é relativo à experiência do cliente.

  • Inscrição
  • Se inscreva para receber
    nossas postagens